.

.
.

19 de junho de 2008

G8: Assuma a liderança no combate ao aquecimento global

 


«Petição para o Primeiro Ministro do Japão Fukuda e os líderes do G8: O mundo não tem tempo a perder na luta contra as mudanças climáticas e você tem a responsabilidade de tomar a liderança. Nós apelamos para que vocês assumam objetivos vinculantes para redução dos gases causadores do efeito estufa até 2020. Segundo os cientistas, nós dependemos disso para evitar uma catástrofe climática. Países ricos devem apoiar os países em desenvolvimento a adaptarem e implementarem o uso de energia limpa. Pelo bem da humanidade, contamos com vocês assim como de todos para cada um fazer a sua parte na redução de suas emissões de carbono. » In Avaaz

Assine a petição !!
Clique aqui

Seguindo o exemplo de meu amigo José Carreira, já assinei, agora é a vez de vocês. Obrigado.

...leia mais

10 de junho de 2008

Derramamento de petróleo no mar.

 
Derramamento de petróleo no mar.

O petróleo por ser menos denso que a água do mar, fica suspenso, formando gigantescas manchas na camada superficial das águas, com isso bloqueia a passagem da luz, afetando a fotossíntese, além de impedir as trocas de gases entre a água e o ar.
O petróleo também mata por intoxicação ou por asfixia, vários peixes, pequenos mamíferos, plantas superficiais e principalmente aves que ficam impregnadas pelo óleo em suas penas e não conseguem nem voar, nem regular a sua temperatura interna, quanto à temperatura também mata vários mamíferos.

Derramamento de sangue devido ao petróleo.

Primeiramente temos de pensar no novo tipo de política ou no fim da verdadeira política, quando há no mundo: o monopólio estatal pelo Estado único (EUA).
O monopólio da economia.
O monopólio do mercado.
O monopólio de valores.
O monopólio da informação.
O monopólio da violência e da guerra.
Os Estados cedem poder e competência em proveito de organismos que não pertencem a qualquer categoria da soberania popular ou da democracia representativa. São o FMI, o BID, o Banco Mundial, o BIRD, a Microsoft, a General Motors, as IBM, a CNN, a banca internacional e o Capital especulativo que ditam as regras do comércio e da economia no planeta, o novo Leviatan do planeta.
Enquanto um país tenta controlar o mundo, os outros sofrem com guerras e com a fome. O EUA quer controlar o mundo e o consumo e extração de petróleo no mesmo, hoje porque eles querem e dependem do petróleo eles dizem que a fome no mundo e a falta de alimentos acontece por causa do etanol brasileiro e também ai mesmo tempo, dizem que o petróleo não vai acabar tão cedo, o que acontece é que o petróleo sobe de preço e a comida também, por causa da falta de alimentos no mundo todo, eles dizem que o etanol brasileiro atrapalha as exportações de grãos e aumenta a destruição da Floresta Amazônica.
Pra gente aqui, o arroz fica mais caro, o pão fica mais caro, a produção dos biocombustíveis aumenta, porém, mesmo com mais oferta e menos procura da gasolina, a mesma continua a ficar mais cara. Hoje nós ficamos com medo da inflação, de terroristas, do aquecimento global, mesmo sendo uns dos países com mais vegetação natural, mais produtos de base da economia mundial.
Triste ver tantos morrerem por causa do petróleo que virou uma espécie de bomba atômica na mão dos estadunidenses.
E eu aqui relembrando hoje que a República Federativa do Brasil já foi um dia Estados Unidos do Brasil.

...leia mais

6 de junho de 2008

Entenda a crise dos alimentos.

 
De acordo com o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas, a falta de alimentos ameaça como um "tsunami silencioso", e pode afundar na fome 100 milhões de pessoas.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU) para Agricultura e Alimentação (FAO) são quatro os principais fatores que influenciam a alta dos preços dos alimentos: aumento da demanda, alta do petróleo, especulação e condições climáticas desfavoráveis. Há controvérsias sobre a dimensão da responsabilidade dos biocombustíveis, cujas matérias-primas (cana, milho e outras) disputam espaço com culturas destinadas à produção de comida. Saiba mais sobre cada um desses fatores:
Mais demanda, menos oferta
A população mundial está comendo mais. Especialmente nas economias que têm registrado maior expansão, como a da China, que tem 1,3 bilhão de habitantes. Com mais gente comprando, vale a lei da oferta e da procura: os produtos se valorizam no mercado e ficam mais caros.

Alta do petróleo

O preço do barril de petróleo vendido em Nova York e em Londres tem, sim, relação direta com a escalada do valor dos alimentos, já que a agricultura demanda grandes quantidades do óleo, seja no maquinário, tratores, uso de fertilizantes ou transporte, até esse produto chegar ao consumidor. “O aumento no petróleo também faz com que o preço final dos alimentos fique mais caro”, diz.
Para Francisco Carlos Teixeira, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o preço do barril influi diretamente nas commodities agrícolas em duas pontas: na produção e na distribuição.
“Hoje, a agricultura é totalmente industrializada e depende em boa medida do petróleo, usado como matéria-prima para uma série de produtos, como defensivos agrícolas e químicas de preparação da lavoura. Além disso, também movimenta os veículos que transportam as safras agrícolas”, diz Teixeira.

Especulação

Com a queda do dólar, investidores que ganhavam dinheiro investindo na moeda norte-americana migraram para a aplicação em outras commodities, como os produtos agrícolas.

Muitos fundos têm usado as bolsas de mercadorias para especular com a antecipação da compra de safras futuras em busca de melhor rentabilidade, o que também contribui para valorizar e o preço de commodities como o trigo e o arroz.
Segundo a FAO, os preços internacionais do arroz começaram uma escalada desde o início do ano, depois de subirem 9% em 2006 e 17% em 2007. O preço do produto subiu 12% em fevereiro e mais 17% em março, segundo o índice All Rice Price, elaborado pela entidade.

Condições climáticas

O clima é outro fator que reduziu a quantidade de alimentos produzida no mundo, segundo relatório da ONU divulgado na semana passada.
As condições climáticas desfavoráveis devastaram culturas na Austrália e reduziram as colheitas em muitos outros países, em particular na Europa, segundo a FAO.
Segundo as previsões da FAO, as reservas mundiais de cereais caíram para o seu nível mais baixo em 25 anos com 405 milhões de toneladas em 2007/08, 5 % (21 milhões de toneladas) abaixo do nível já reduzido do ano anterior.

Biocombustíveis?

"Os biocombustíveis são apenas uma gota no oceano desse cenário de aumentos”, diz a professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Suzana Kahn Ribeiro.
Segundo ela, o caso do biocombustível é particular do etanol fabricado a partir do milho dos Estados Unidos. "O milho é uma cultura alimentar e, de fato, começou a haver um desvio da produção de milho com finalidade para alimento para a produção do etanol", diz.

Com a redução da oferta de milho subiu o preço dos derivados, o que começou um processo em cadeia; aumentou o preço da ração dos animais e, conseqüentemente, das carnes. "No Brasil (onde o etanol é feito a partir da cana-de-açúcar) a realidade é bem diferente; tanto que, no nosso histórico dos últimos 30 anos, aumentamos a produção não só de etanol, mas também de alimentos", diz.

(Fonte: Ligia Guimarães / G1)




...leia mais

Petróleo, assunto ótimo pra ser discutido durante este fim de semana.

 


Para os que não sabem,

"Hoje, a matriz energética do Brasil é o petróleo com 43,1% e o óleo diesel a
matriz dos combustíveis líquidos com 57,9%, havendo destes, 10% de dependência externa."
Maria Carolina Piassi


IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS

Os principais impactos da geração de energia elétrica a partir de derivados
de petróleo decorrem da emissão de poluentes na atmosfera, principalmente
os chamados gases de efeito estufa (GEE). Os mais problemáticos
são o dióxido de carbono (CO2), o metano (CH4) e o óxido nitroso N2O.

Pelo menos parte das mudanças climáticas verificadas nas últimas décadas,
entre elas o aumento da temperatura média do planeta, tem sido
atribuída ao aumento da concentração desses gases na atmosfera. Grande
porção dessas emissões decorre da queima de combustíveis fósseis
(petróleo, carvão e gás natural) para a geração de energia elétrica.

Uma das possíveis conseqüências do aquecimento global do planeta é o
derretimento de grandes geleiras (notadamente na Antártida) e, por conseguinte,
a elevação do nível do mar e o alagamento de áreas costeiras e insulares, atingindo grandes contingentes de pessoas e animais silvestres e alterando a biodiversidade dessas regiões.

Entre outros poluentes atmosféricos decorrentes da queima de derivados
de petróleo, principalmente em plantas termelétricas, destacam-se o dióxido
de enxofre (SO2) e o chamado material particulado, constituído de pós e cinzas em suspensão nos gases emitidos durante a queima de combustíveis fósseis. Além de alterações na biodiversidade local, esses poluentes provocam diversos males à saúde humana, como distúrbios respiratórios, alergias, lesões degenerativas no sistema nervoso e em órgãos vitais, câncer etc. (KOMPAC, 2001).

Esses distúrbios tendem a se agravar no inverno, quando inversões térmicas provocam o aprisionamento do ar quente e dificultam a dispersão dos poluentes.
Existem, contudo, tecnologias e processos que permitem a remoção desses
poluentes e a redução de seus efeitos nefastos. Os equipamentos mais usuais
são os ciclones e os precipitadores eletrostáticos, mais eficientes na remoção
de partículas mais grosseiras. Esses equipamentos podem ser combinados com
dispositivos mais eficientes, como os filtros cerâmicos e de mangas, que podem
remover até 99% do material particulado (KOMPAC, 2001).
Fonte: Agência Nacional de Energai Elétrica.




Falei o que tinha de falar, utilizando palavras de outros mais entendidos do assunto do que eu, desculpem-me por não ultilizar as minhas próprias palavras, mas não queria cometer erros sobre tão importante assunto.

...leia mais

4 de junho de 2008

Flavia, estamos contigo.

 
Primeiramente agradeço em nome de Flavia à Odele que é um exemplo de força,coragem,determinação e amor que deve ser seguido, e também peço desculpas a Odele por está novamente lembrando desse fato e pela utilização da foto da nossa querida Flavia.

Flavia, uma criança de até então 10 anos de idade que em 06 de Janeiro de 1998, enquanto brincava com o irmão Fernando de 15 e mais dois amigos,um de 14 e outro de 15 anos na piscina do seu prédio, viu-se presa pelos cabelos em um ralo da piscina, que fora mal instalado e que por um superdimensionamento do equipamento acabou puxando a água com mais potência do que deveria e em certo momento puxou também o cabelo de Flavia, que por não conseguir se soltar do ralo da piscina acabou sofrendo uma parada cárdio-respiratória, o irmão em um ato de coragem e de desespero puxou a menina de vez da água o que fez com que ela perdesse uma grande mecha de seu cabelo, no prédio havia também dois médicos, os dois fizeram todo o trabalho de reanimação da criança até que depois de cerca de quarenta minutos a menina foi levada pelo corpo de bombeiros,até um heliporto improvisado, na esquina da Av.Ibirapuera com a República do Líbano, em Moema. Dali seguiu de helicóptero até a Santa Casa. Após mais de um mês na UTI e mais 7 meses no apartamento do Hospital, Flávia pôde ir pra casa, onde também precisou mudar vários dos hábitos que eram seguidos no hospital incluse a troca de uma sonda nasogástrica por uma gástrica que facilitou a alimentação da garota. Através do sitema Home Care a pequena Flavia ficou sendo cuidada por mais 3 anos . Após esses três anos, o Home Care foi retirado e Flavia passou a ser cuidada por equipe reduzida de profissionais. Isto foi feito para reduzir despesas pois Odele, mãe de Flavia, enfrentava dificuldades financeiras para arcar com as despesas decorrentes do tratamento de Flavia..Enquanto tudo isso que eu resumi aqui acontecia, a Odele, lutava na Justiça pra conseguir em primeiro lugar provar que os cabelos de Flavia haviam sido sugados pelo ralo da piscina, em segundo lugar que os (i)responsáveis pagassem pelo que fizeram e que a lei fizesse com que as normas para a instalação e monitoramento dos sistemas de sucção das piscinas fossem mais duras com os fabricantes, infelizmente a luta acabou com uma idenização de apenas 100.000 reais para que essa mãe cuide da Flavia pro resto de sua vida e o caso está até hoje na justiça, e até hoje não houve ainda uma punição aos culpados pelo acontecido e muitas pessoas ainda ficam com graves sequelas ou morrem no mundo por causa de ralos de piscinas.



Quero aqui pedir as pessoas para que visitem o blog
Flavia vivendo em coma
e que divulguem-no e que a Justiça seja feita, peço também as pessoas ligadas a Imprensa que procurem divulgar esse fato, pois não só a Flavia e a Odele, mas muitas outras pessoas aindam podem sofrer por causa da falta de respeito das empresas e técnicos que fizeram tais bombas e ralos.



"Ao voltar para casa à noite para fazer companhia à Fernando e descansar, me peguei pensando no quão forte é o amor que as mulheres têm por seus filhos. Este amor é mesmo o laço de afeto mais forte que temos com a vida. Me veio então à mente uma frase de uma mulher de nome Elizabeth Stone, que diz:
"A decisão de ter um filho é muito séria.
É decidir ter, para sempre,
o coração fora do corpo"

Sábado, 10 de Fevereiro de 2007,postado por Odele Souza no blog Flavia vivendo em coma


Espero poder estar ajudando para que o caso seja mais divulgado e a justiça feita.

...leia mais

3 de junho de 2008

Selo : Esse blog... vale a pena ser "olhado"

 
Selo Esse blog...Vale a pena ser olhado

Primeiro quero agradecer a Letícia
pela indicação,depois queria agradecer também ao Renato pela ótima idéia que ele teve.
A idéia dele foi essa.

"decidi criar um selo para aqueles blogs que considero bons, estabelecer um índice e compartilhar com os leitores.
A idéia é criar uma rede, selecionei 20 blogs para receber o selo, esses blogs escolhem outros cinco blogs que o mereçam e passam o código para eles. Todos os blogs que confirmarem a indicação passarão a fazer parte do índice.
Toda a vez que um iterrnauta clicar em qualquer um dos selos (que estiverem devidamente instalados), será direcionado ao índice dos: “Blogs... 'Que Merecem ser Olhados'”.
Não serão adicionados ao índice os blog com conteúdo erótico, racista ou violento."

Utilizando as palavras do próprio Renato pra facilitar o entendimento de todos de como funciona o Selo e o índice.

Quero deixar aqui a lista dos cinco blogs que também indiquei :

ContraPobreza
Dos crimes,bordados e vaidades
SIDADANIA
Silencio Culpado
D. Antónia Ferreirinha


Até a próxima postagem e espero poder por mais agradecimentos nela.

...leia mais

2 de junho de 2008

Agradecimentos

 
Depois de pouco mais de um mês do meu Blog acho que valer a pena mais uma vez vir aqui agradecer a todos, não sei o que dizer a vocês mas gostaria principalmente de agradecer ao pessoal de Portugal que me apoiou no blog desde o começo, o primeiro comentário aqui veio de Ternura – Isabel lá do douro em Portugal , depois felizmente vieram seguidos tantos outros comentários da terra dela, agradecer aqui ao Blog SIDADANIAe aos meus amigos Raul, Paulo e Lídia que sempre visitam o blog que sempre me ensinaram muita coisa e que são exemplos de pessoas sinceras e solidárias de verdade,exemplos de amizade e tudo o mais que deveriam ser seguidos. Tem também a Carla que me deu muito apoio quando eu decidi fazer o meu blog, a Valesca, minha namorada por ter paciência pra ler tudo o que eu escrevo, digitar algumas coisas pra mim, fazer ótimos comentário e participações no blog e por me deixar passar horas lendo artigos em blogs e em sites quase todos os dias. Agradecer a Naela http://naela75.blogspot.com/ por sempre se lembrar de vir aqui e por seu lindo jeito de escrever e de lutar por causas humanitárias sempre, ao Carlos Renato Asakawa que me apóia com a iniciativa do Blog e que em breve estará também postando aqui . Agradecer a Odeleque é o maior exemplo de amor incondicional que eu conheço, uma mãe ótima, não vou chama-la de super-mãe porque ela mesma se diz uma mãe normal pois por ela se tivesse super poderes já teria tirado a filha do sofrimento que esta vem passando e “traria de volta a vida que lhe foi roubada”, agradecer a Pati Amaranta e a Julianny Carvalho pelos seus comentários,apoio e amizade. Agradecer a Liz Liz , o Sifrónio, a Letícia, o Eduardo http://paradoxosdoedu.blogspot.com/ , a Paula e tantos outros que me ajudam a manter o blog aqui e a vontade de ajudar as pessoas também.

Agradecimento especial aos amigos Raul, Paulo e Odele que mesmo com suas lutas, suas causas pessoais, ainda de engajam em ajudar o próximo e por conscientizarem as pessoas do que está certo e errado, é um honra ter vocês como amigos e parceiros nestas batalhas.

...leia mais

.

.
.

.

 

Quem sou eu

Seguidores

Estatísticas do Blog

Top Comentaristas: